INTERESSE ESCUSO – Gilberto Gonçalves tenta desapropriar terreno, mas dono consegue suspender o processo

Não é novidade que Gilberto Gonçalves não pensa na população, muito menos no bem de Rio Largo. O atual Prefeito, que só tem olhos para os seus interesses próprios, tentou, mais uma vez, usar de seu poder para causar danos às pessoas inocentes.

GG tentou desapropriar um terreno, no qual o dono mantém todos os impostos em dia e não tinha interesse em repassá-lo, com o intuito de construir um estacionamento para o seu galpão localizado nas proximidades.

Famoso por sua perseguição aos donos estabelecimentos comerciais, os galpões, que ficam localizados no bairro Antônio Lins, é o lugar onde Gilberto Gonçalves guarda materiais comprados com o dinheiro público. O galpão seria arrendado à uma grande rede de super mercados, por isso se interessou pelo terreno e resolveu entrar com um processo de desapropriação. Porém, pouco importou para ele se o terreno já tinha dono.

Sua ideia não deu certo. O dono do terreno, quando soube o que estava acontecendo com o seu imóvel, entrou com recurso no Tribunal de Justiça para suspender o processo aberto por Gilberto Gonçalves. A pena de multa diária, caso o atual prefeito não cumpra com a suspensão, é de $1000,00.

Mesmo em plena campanha, GG ainda encontra tempo para suas ações ilícitas, ele deve acreditar que as pessoas estão desatentas a qualquer tipo de acontecimento, fora do período eleitoral.

Ser mais uma vez desmascarado deve pesar muito em sua campanha. Gilberto acabou de presentear seus adversários com um material que poderá ser usado contra ele.

Fechar