ESCANDALO! Prefeito de Maragogi é denunciado por compra de voto

Não é de hoje que o prefeito de Maragogi, Sérgio Lira, expõe em alto e bom som para os seus eleitores que sua vitória nas eleições de 2020 está mais do que certa. O atual gestor até tentou instigar a cidade quando afirmou que seu adversário Marcos Madeira não seria candidato, mas na verdade estava enganando o povo e a justiça. Ou pelo menos tentou.

Sérgio Lira iniciou um esquema de compra de voto em Maragogi, um esquema até então simples e muito conhecido, trocar materiais de construção por voto. E pensar que ainda existiam pessoas que assumem essa postura nos dias de hoje.  As denúncias foram feitas em todos os órgão de controle. O protocolo do TRE de número 0600242-46.2020.6.02.0000 pode ser acessado por qualquer pessoa, bastar ter acesso a internet.

As pessoas que foram “contempladas” por esse “agrado” do Prefeito em sua maioria nem são carentes ou necessitadas, são comissionados da Prefeitura. Para comprovar existem gravações da empresa onde foram comprados os materiais com os clientes, confirmando o recebimento dos produtos. Acompanhe as ligações.

Sérgio Lira vende a imagem de homem integro e batalhador, e de Médico respeitável, mas na verdade é um gestor capaz de comprar votos para permanecer no poder. O que nos faz pensar se ele já não usou da mesma estratégia para ser eleito na ultima eleição. As notas fiscais não mentem, Lira é o gabiru em pele de cordeiro.

Na sua convenção partidária, Sérgio Lira deixou claro que sua vitória estava garantida e desde então ninguém imaginaria que era por causa da compra de votos.Faltam 30 dias para as eleições e a máscara do Prefeito caiu, ou melhor a casa caiu.

Abaixo segue fotos que provam que Sérgio Lira comprou voto trocando por material de construção.

Fechar