Rascunho automático

O ex-prefeito de Maribondo, Leopoldo Pedrosa, fugitivo da Justiça desde março, quando rompeu tornozeleira eletrônica, foi preso nesta terça-feira, 12, em Paripueira.

Pedrosa tinha um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.  Ele havia sido preso por homicídio em dezembro de 2019, mas após alguns dias, conseguiu o direito de aguardar julgamento em casa, com o uso de tornozeleira.

Em março deste ano, a Justiça determinou que ele voltasse à prisão pelo crime de tráfico.  Foi quando rompeu a tornozeleira e estava foragido desde então.

Segundo a polícia, ao chegar no local, o ex-prefeito estava armado, mas não reagiu à abordagem policial. No entanto, responderá mais uma vez pelo crime de posse ilegal de arma.

Fechar