É FAKE! – São falsas informações sobre novas medidas do Governo do Estado

O único Estado que tomou medidas semelhantes às informadas no texto foi Santa Catarina

Foto: Divulgação

Circula nas redes sociais, em Alagoas, uma mensagem informando que após, uma suposta coletiva de imprensa do governo Renan Filho, estariam estabelecidos novos prazos para a manutenção das medidas de isolamento social. Com isso, igrejas, escolas e parques continuariam fechados, mas o comércio e hotéis seriam liberados a funcionar “com regras”. As informações são falsas.

A mensagem com conteúdos falsos diz ainda que o governo teria prorrogado até dia 30 de abril a quarentena dos transportes, shoppings, bares e restaurantes. O texto também fala que eventos, cultos e aulas permanecerão fechados até 31 de abril, além da liberação imediata do comércio, hotéis e pousadas.

Por ser divulgada sem informar o local onde as medidas foram tomadas, essa mesma mensagem tem causado confusão em diversos estados por onde tem passado, levando jornais locais a desmentir as informações, como foi o caso do jornal A Gazeta, no Espírito Santo. Na realidade, o único lugar que tomou medidas semelhantes às informadas no texto foi o estado de Santa Catarina, na região Sul do país.

Em Alagoas, continua valendo o que consta no decreto N° 69.624, publicado em 6 de abril, onde foi determinada a prorrogação das medidas de isolamento social e proibição de abertura do comércio, hotéis, escolas e outras atividades até 20 de abril. Áreas consideradas essenciais estão permitidas a funcionar, como supermercados, farmácias, postos de combustíveis, entre outras.

Alagoas Sem Fake

Com foco no combate à desinformação, a editoria Alagoas Sem Fake verifica, todos os dias, mensagens e conteúdos compartilhados, principalmente em redes sociais, sobre assuntos relacionados ao novo coronavírus em Alagoas. O cidadão poderá enviar mensagens, vídeos ou áudios a serem checados por meio do WhatsApp, no número: (82) 98161-5890.

Agência Alagoas

Fechar