“OBRIGADO, GRACIAS, THANK YOU” – Projeção veste jaleco no Cristo Redentor em homenagem aos profissionais que combatem Covid-19

Domingo de Páscoa também foi marcado por bênção da cidade do Rio de Janeiro e celebração especial aos pés do monumento

A estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, foi iluminada nesse domingo (12) por uma projeção que o ‘vestia’ de médico, com jaleco e estetoscópio, em homenagem aos profissionais da saúde que estão atuando no combate à pandemia do novo coronavírus. Na ‘roupa’, a palavra Obrigado apareceu traduzida em diversos idiomas.

Também foram refletidas imagens de trabalhadores reais da saúde, bandeiras de países afetados pela doença e frases de apoio e incentivo como: “Tudo vai ficar bem”, “#fiqueemcasa” e “#estamosjuntos”.

Segundo a Arquidiocese do Rio, o “abraço de Páscoa” especial é para transmitir uma “mensagem de esperança e incentivo durante este delicado momento de pandemia mundial”.

Aos pés do Cristo, o arcebispo Dom Orani Tempesta celebrou também a Consagração do Brasil — evento que só havia ocorrido uma única vez por ocasião da inauguração do monumento, em 1931. Durante esse ato no famoso ponto turístico carioca, Dom Orani pediu proteção contra a covid-19.

Consagração do Brasil sem público

Em uma entrevista coletiva na semana passada, Dom Orani avisou que, dessa vez, o clima da celebração no Cristo Redentor seria diferente, pois, na década de 30 do século passado, uma multidão havia se aglomerado para acompanhar a bênção de inauguração.

“Quando Dom Leme inaugurou o Cristo, ele fez uma oração consagrando a cidade e o país ao coração de Jesus. Tivemos outras celebrações. Mas assim como o Santo Padre fez uma oração especial, nós vamos consagrar a vida do povo e suas apreensões ao Senhor no domingo à noite”, explicou o arcebispo na entrevista, referindo-se a este feriado de Páscoa.

Bênção da cidade

Ainda ontem mais cedo, às 15h, o padre Omar, reitor do Santuário Cristo Redentor, abençoou a cidade do Rio de Janeiro de dentro de um helicóptero. Ao mesmo tempo, os sinos das igrejas foram tocados.

“Neste domingo pascal, quando celebramos a vitória de Cristo, o nosso Redentor, sobre a morte e todos os males, clamamos as mais ricas bênçãos de saúde para que, o quanto antes, retomemos o bom curso de nossa vida, para o crescimento de nosso país”, declarou o padre.

Fechar