MARIBONDO – Leopoldo Pedrosa e gangue saquearam cofres públicos, diz secretário

O ex-prefeito Leopoldo Pedrosa, foragido da justiça

Em programa de rádio de Maribondo, o secretário de Administração Sérgio Marques, tenente reformado da Polícia Militar de Alagoas e pai do prefeito Serginho Marques, acusou o ex-prefeito, o foragido e acusado de tráfico, Leopoldo Pedrosa, de “roubar” recursos da Educação Municipal.

O valor chega a quase R$ 4 milhões. Segundo o secretário, mesmo com ex-prefeito foragido, a sua “gangue”, palavras do secretário, continuava a “roubar os cofres municipais”. Ele apontou transferência de valores para a Inova Construção de Serviços e Telecomunicações e Editora Cidadania.

Sem nenhuma posição de cautela, o secretário falou abertamente das improbidades e atos criminosos do ex-prefeito. Quanto ao fundo de previdência do município, encontrou na conta a importância de apenas R$ 125, e, no Fundo de Reserva, não havia nenhum centavo.

Porém, o secretário tranquilizou funcionários e aposentados quanto ao pagamento de seus salários, que não acontecerá atrasos. “A população de Maribondo se libertou de um mal”, disse o secretário.

Fechar