SEGUINDO O DECRETO – Rodoviária de Maceió opera com apenas 6 linhas de transportadores

Fluxo de passageiros teve queda de 98% em março

Foto: Cortesia/Sinart

Uma das principais portas de entrada de turistas em Maceió, o Terminal Rodoviário João Paulo II registrou uma redução de 98% no fluxo de passageiros no mês de março. A diminuição drástica no número de embarques e desembarques na rodoviária da capital alagoana é decorrente do cumprimento das medidas restritivas de combate à pandemia do novo coronavírus, decretadas pelo governo estadual e Prefeitura de Maceió.

Com a prorrogação dos decretos governamentais do último dia 23 de março até o próximo dia 7, o transporte intermunicipal de passageiros segue com as 47 linhas suspensas. Já o interestadual, que conta com 23 linhas de transportadores, opera em condições excepcionais, com apenas seis empresas funcionando em horários restritos.

Segundo o gerente do terminal, Selmo Oliveira, a previsão era de 2.436 partidas do transporte interestadual em março, mas cerca de 40% desses embarques não foram realizados. “Para manutenção do atendimento dos embarques e desembarques do transporte interestadual durante esse período, contamos com o atendimento de técnicos de saúde, que estão de plantão no terminal. Eles monitoram os passageiros que chegam, por meio de uma triagem, e prestam esclarecimentos acerca da covid-19”, informou.

Para o titular da Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel), Jair Galvão, a queda do volume de passageiros representa eficácia das medidas decretadas pelos governos estadual e municipal.

“Neste momento, é importante que tenhamos uma malha rodoviária interestadual mínima funcionando, para que turistas possam retornar para suas cidades de origem e profissionais de saúde consigam atender a alguma eventual emergência. A consequente redução do fluxo de passageiros nos principais portões de entrada de turistas, rodoviária e aeroporto, visa à segurança e saúde dos maceioenses e brasileiros, que é nossa prioridade máxima”, avaliou.

Aeroporto

No Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares cerca de 93% das operações diárias foram canceladas pelas empresas aéreas, em conformidade com as medidas restritivas dos governos federal, estadual e da Agência Nacional de Aviação (ANAC). Dessa forma, dos 26 voos diários que partem da capital alagoana para diversos destinos brasileiros, apenas dois continuam operando normalmente.

Os voos são das companhias aéreas Gol e Latam, ambos com origem no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. Saindo de Maceió, as operações têm como destino o mesmo terminal.

Assim como na Rodoviária de Maceió, os passageiros também passam por triagem no desembarque do terminal aéreo. Realizado por profissionais da Secretaria de Saúde de Alagoas, o monitoramento inclui medição da temperatura e, caso necessário, encaminhamento para unidade hospitalar.

 

Ascom Semtel

Fechar