PREVENÇÃO – Aeroporto Internacional de Maceió tem monitoramento de passageiros no desembarque

Equipes de saúde fazem a aferição de temperatura corporal em todos os voos que chegam ao Estado

Ascom Sedetur

Diante da situação de pandemia e a propagação do coronavírus (COVID-19) pelo Brasil, o Governo de Alagoas implantou uma série de medidas preventivas e de contenção para evitar a disseminação do vírus, uma delas foi o monitoramento dos passageiros no desembarque no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, principal porta de entrada para turistas em Maceió e todo o Estado.

Equipes do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS), da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), abordam os passageiros para aferição de temperatura corporal. Caso a temperatura esteja acima de 37.8 graus, que é considerado febre, o paciente é encaminhado ao posto médico do aeroporto, onde será submetido à avaliação e pode ser encaminhado ao Hospital.

De acordo com Rafael Brito, secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) de Alagoas, esta medida é essencial não só para a saúde da população alagoana como também do turista.

“Vivemos um momento completamente atípico e que irá impactar diretamente a nossa atividade turística, mas ações como esta são essenciais para a saúde de todos, inclusive para os turistas de lazer que não conseguiram cancelar ou adiar sua viagem, como também para o turista de negócios que segue atuando em nosso Estado. Certamente está ação irá contribuir para que Alagoas consiga conter o avanço no número de infectados, para que possamos voltar à normalidade o quanto antes fazendo com que os prejuízos ao turismo e a economia estadual sejam os menores possíveis”, pontuou Rafael Brito.

Números 

Atualmente, o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, localizado na região metropolitana de Maceió, tem dois desembarques por dia. Até o momento Alagoas registra 17 casos confirmados da COVID-19 e outros 294 em investigação, de acordo com o último boletim emitido pela Sesau na noite deste domingo (29).

Fechar