QUEM NÃO TEM CÃO?! Saúde Mental adapta serviços e mantém assistência

Gerência de Atenção Psicossocial realiza atendimentos virtuais e presenciais

 

Os pacientes com transtornos psicossociais são muito afetados quando precisam modificar suas rotinas, sendo fundamental a permanência do tratamento. E para continuar com a assistência necessária, a Gerência de Atenção Psicossocial adaptou os serviços e adotou mais formas de garantir a segurança e atendimento dos usuários.

Mesmo com a suspensão temporária das atividades e oficinas terapêuticas coletivas, os profissionais seguem realizando os atendimentos em outras modalidades, como explica a gerente de Atenção Psicossocial, Izolda Dias.

Desta forma, os cinco Caps (Centros de Atenção Psicossocial) de Maceió estão encontrando alternativas e estratégias para fazer um trabalho junto aos nossos usuários. Cada um está criando uma maneira de fazer esse contato, fazendo videoconferência com os usuários que usam aplicativos e se comunicam de redes sociais, visitas e várias outras questões estão sendo vistas pelos profissionais”, conta Izolda. “Nós não deixamos de dar, de maneira nenhuma, assistência pra eles, quer seja virtualmente, quer seja presencialmente”, completa.

Além disso, atendimentos virtuais também tem sido realizados com as famílias dos próprios usuários dos Caps e a equipe tem se organizado para fazer as ações utilizando os recursos tecnológicos.

“Nesses tempos de pandemia, a saúde logicamente está à frente de todos os trabalhos. E nós que fazemos a Gerência de Atenção Psicossocial não poderíamos ser diferentes, porque nossos usuários necessitam de uma atenção bem maior do que as outras pessoas, já que cuidamos são pessoas com transtornos e que precisam de uma assistência maior dos nossos serviços”, finaliza a gerente.

Os profissionais seguem ainda ofertando assistência aos usuários das Residências Terapêuticas, orientando sobre os cuidados que eles devem ter diariamente.

Graziela França/ Ascom SMS

Fechar