NÃO ABRE MÃO! – CRB deseja manter contrato com Rafael Longuine

Clube regatiano tem vínculo com o jogador até dezembro

Foto de Ailton Cruz

Um dos maiores destaques do time alagoano, o meia Rafael Longuine, teve que deixar o campo após uma lesão no ligamento cruzado anterior (LCA) do joelho direito. No último dia 11, o artilheiro da temporada se lesionou aos 43 minutos do primeiro tempo, na partida de ida contra o Cruzeiro, pela terceira fase da Copa do Brasil.

O jogador saiu do jogo com joelho imobilizado e desembarcou em Alagoas, na última quinta, de muletas. Após exame de imagem, foi constatada a gravidade da lesão, que impossibilitará o meia de voltar aos campos por um longo período. Segundo orientação médica, o tempo previsto é de 8 a 9 meses.

O meia tem contrato com o CRB até dezembro deste ano, coincidentemente o último mês do ano é também o prazo máximo para a recuperação do atleta.

Diante da situação, o Galo colocou um médico à disposição do atleta e garantiu que seguirá arcando com os custos do mesmo durante o período fora dos campos. Seguindo a Lei Pelé, o clube não tentará acordo com o Santos, para rescindir vínculo antes do previsto.

“Onde o jogador vai se operar é escolha dele, nós temos um médico que faz cirurgia, mas como pertence ao Santos, ele escolhe onde vai se operar e vai fazer com uma pessoa de sua confiança. Porém, ele ainda tem contrato de empréstimo com o CRB e nós continuaremos arcando com os custos do atleta até o fim do contrato”, afirmou o diretor de futebol do CRB, Rodrigo Freire

Existe a possibilidade de que a cirurgia de Longuine seja realizada em São Paulo e o tratamento aconteça no Santos.

Fechar