PERIGO! Ministério da Justiça afirma que número de estupros em Alagoas avança 26,5% em 2019

Foto meramente ilustrativa

Na ultima segunda (17) o Ministério da Justiça e Segurança Pública apontou um levantamento que número de estupros registrados em Alagoas cresceu 26,5% de janeiro a outubro de 2019, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

De acordo com os dados, nos dez primeiros meses do ano passado foram registradas 525 ocorrências, contra 415 registradas no mesmo período de 2018. No ano passado, a taxa de estupro em Alagoas foi 15,80 casos por 100 mil habitantes.

O levantamento, feito a partir do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais, de Rastreabilidade de Armas e Munições, de Material Genético, de Digitais e de Drogas (Sinesp), mostra que apenas nos dez primeiros meses de 2019, o número de estupros ultrapassou o total de todo o ano anterior, quando ocorreram 455 crimes dessa natureza.

Os dados do Ministério da Justiça mostram ainda que julho de 2019 foi o mês com maior ocorrência, com 75 casos. Em seguida aparecem maio, com 70 casos, abril (64) e fevereiro (61). No comparativo entre os meses, apenas setembro e outubro de 2019 registraram um número menor de ocorrências na comparação com iguais meses de 2018. Em setembro de 2019, foram 15 estupros, contra 30 em setembro de 2018. Já em outubro de 2019 foram 15, contra 22 ocorridos em outubro de 2018.

O Sinesp é uma plataforma de informações integradas, que possibilita consultas operacionais, investigativas e estratégicas sobre segurança pública. As informações são validadas pela Senasp por meio dos boletins de ocorrência de todos os municípios, regiões administrativas, estados e do Distrito Federal.

“Durante muito tempo não se tinham estatísticas confiáveis. Tínhamos que contar com dados coletados por institutos não oficiais. Com essas informações, nós conseguimos bases mais sólidas para subsidiar a elaboração de estudos, estatísticas e produção de conhecimento sobre a criminalidade no Brasil”, explicou o ministro da Justiça, Sergio Moro, durante o lançamento do Sinesp, em março do ano passado.

Em nota, o Ministério da Justiça informou que os dados de Alagoas relativos a 2019 ainda podem sofrer atualização devido aos processos de implantação e expansão do uso do Sinesp PPE, solução de registro de ocorrências e procedimentos policiais fornecida pela Senasp. Em todo o País, o número de estupros recuou 5,6%, saindo de 41.694 ocorrências nos dez meses de 2018, para 39.337 casos nos dez meses de 2019. Nacionalmente, a taxa desse tipo de crime no ano passado foi de 18,87 casos por 100 mil habitantes.

Fechar