AO INVÉS DE SEPARAR, UNIR! Visão deturpada não enxerga quem irá formar a nova trindade

Imagem meramente ilustrativa

Quando o assunto é política encontramos aos montes especialistas e estrategistas, “verdadeiros conhecedores” dessa antiga profissão. Uns defendendo o vermelho, outros o azul, uns afirmando que fulano é o líder que Maceió precisa, e outros, apenas preocupados em abusar da boa vontade dos leitores e eleitores com boatos para construir ou desconstruir imagens.

Um velho e conhecido blogueiro chegou a afirmar recentemente em seu veículo de comunicação que para existir uma união entre Rui, Renan Filho e Alfredo Gaspar, seria necessário que os três estivessem empenhados em esconder Renan Calheiros do cenário político alagoano, mas como isso seria possível?

Bernadino Souto Maior nutre um ressentimento pelo líder da família Calheiros há um bom tempo, e certamente isso atrapalha o ponto de vista imparcial em “suas matérias”.  O tempo pode até passar, mas as mágoas ficarão, não é mesmo?

O fato, incontestável, é que Renan Calheiro é um dos poucos líderes políticos sangue puro de Alagoas ainda em atividade. Sua experiência, visão e alcance de influência são referências paras os novos e até mesmo para os que já têm tempo de atuação. O mais sensato é afirmar que O Senador é aquele que irá unir a nova liderança da capital alagoana.

O tempo é cruel com todos, e um dia a trindade da política alagoana terá que se aposentar, mas antes disso, deixará o seu legado para uma nova que está se formando: Renan Filho, Rui e Alfredo Gaspar. O correto é permitir que a base projete e molde o novo e não atrapalhe esse processo de construção.

O tempo é cruel com todos, e um jornalismo preso em ressentimentos não só é irresponsável, como também imaturo, atrasado e descompromissado com a verdade e com o leitor, que veja só, também é eleitor. É vergonhoso um criador de conteúdo, bombardear a população com mentiras e discrepâncias em suas matérias, e por causa desse tipo de atitude pouco profissional responde a processos.

Infelizmente temos que conviver com esse tipo de profissional, despreparado, que por birra prefere a todo custo denegrir com Fake News, se tornando um câncer para a sociedade. Um sábio em tempos de crise não constrói muros, mas sim pontes, que possam conectar as pessoas e não afasta-las.

Este é o verdadeiro papel de Renan Calheiros., unir as pessoas certas e conduzi-los para trabalhar por uma Maceió melhor.

Fechar