SAÚDE – Um problema chamado Coronavírus

No último dia 18, houve uma reunião em Portugal com o CEO da TAP com o governador de Alagoas Renan Filho que, por sua vez, anunciou que a capital alagoana agora passa a contar com voos para Lisboa. Porém uma doença vem crescendo e preocupando os países do velho continente. Com essa possibilidade de um fluxo maior de voos para Europa, com um vai e vem de brasileiros e turistas, não deveríamos estar atentos e preocupados?

Esse é um novo vírus que ataca o sistema respiratório e se espalhou a partir da região de Wuhan, na China. Ele pertence à família dos coronavírus, um grupo que reúne desde agentes infecciosos que provocam sintomas de resfriado com manifestações mais graves, como os causadores da Sars (sigla em inglês para Síndrome Respiratória Aguda Grave) e da Mers (Síndrome Respiratória do Oriente Médio).

Desde o início do surto, houve mais de 7 mil rumores no Brasil de pacientes que teriam o vírus, mas até o momento somente três suspeitas foram confirmadas. Na Argentina, que sempre tem voos para a capital alagoanas, com escalas, as autoridades também estão atentas.

O infectologista Omar Sued, membro da Sociedade Argentina de Infectologia, explica para seus compatriotas que não há motivos para se preocupar com o coronavirus, que é mais fácil contrair dengue, febre amarela e sarampo no Brasil. E em relação aos turistas brasileiros, é mais fácil contrair pneumonia devido às baixas temperaturas na Argentina.

Em Portugal

Já os Patrícios estão mais cautelosos sobre o coronavirus, principalmente com os portugueses que estão em Wuhan, que provavelmente serão isolados assim que desembarcarem em terras lusitanas. Tudo isso devido a preocupação com que a doença vem crescendo.

Fechar