Militar é afastado pelo Conseg após representação da OAB-AL

Durante sessão nesta segunda-feira (27), o Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg) decidiu afastar o policial militar que agrediu um advogado durante uma abordagem policial no último dia 22, em Maceió. O processo foi avocado pelo colegiado e será instruído pela Polícia Militar.

De acordo com a decisão, o policial ficará afastado de suas funções por 90 dias, prazo em que o processo tramita no Conselho.

“A decisão do Conselho em avocar o processo se dá por entender a relevância dos fatos narrados e diante da gravidade da situação ”, explicou o representante da Ordem dos Advogado no Conseg, Marcus Lacet.

Para o presidente da OAB Alagoas, Nivaldo Barbosa Jr., a Ordem acompanhará de perto o processo e cobrará uma punição ao acusado.

“A Ordem está acompanhando de perto todo o trâmite do processo e cobrará uma punição. A prerrogativa de um advogado ou advogada não é negociável. A violação das prerrogativas agora é crime”, disse.

Fechar