Queima de fogos: “A novela continua”

Prefeitura tenta ludibriar MP enviando mídia vazia

A novela envolvendo a licitação para o estouro de fogos do Réveillon 2020, da Prefeitura de Maceió, ainda não terminou.Réveillon 2020, da Prefeitura de Maceió, ainda não terminou.O prefeito Rui Palmeira optou contratar empresa com diversas irregularidades colocando em risco a vida da população.

No dia 10 de janeiro, o Ministério Público do Estado (MPE) pediu à Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC) o reenvio da lista de documentos para poder instaurar inquérito.

A investigação é para apurar os bastidores da contratação da empresa PiroexEireli. O material solicitado foi: Procedimento Licitatório; Processo de Sanção e Ordens de Pagamento. Segundo MPE, a FMAC enviou anteriormente mídia digital com arquivos sem conteúdo ou corrompidos, impossibilitando sua visualização.
O pedido foi assinado pela promotora Fernanda Almeida Lôbo.

 

Fechar