Major Izidoro marca presença na Feira dos Municípios esbanjando potencial do leite

Conhecido como terra do leite e do queijo, o município de Major Izidoro despertou muito a curiosidade aos frequentadores da grande Feira dos Municípios alagoanos, que ocorreu no último final de semana no Centro de Convenções de Maceió. Que o diga o cenário montado em seu estande, composto de todo um conjunto característico de como lidar com o manejo da vaca; animal tido como mentor principal da movimentação econômica da região, face aos derivados do leite.

Basta dizer que expuseram uma vaca artesanalmente feita de resina, com um vaqueiro fazendo a sua ordenha. A arte bem semelhante a um animal original, e ao que parece, atuou para fisgar a presença das pessoas que passavam no local. “Nós temos oito vacas desse tipo em Major como forma de divulgação da nossa terra; é o animal  que simboliza a nossa economia” disse o secretário Cesar Campos; afirmando que a peça artesanal na figura da vaca foi encomendada no interior de Pernambuco.

“Eu pensei que fosse uma vaga de verdade; muito interessante” disse a médica Maíra do Vale, turista mineira de Uberlândia, que se encantou com a dimensão da Feira, sobretudo, segundo ela, com a rica cultura do povo alagoano. “Como lembrança de Major estou levando uma vaquinha feita de gesso, além de queijos de coalho e do sertão como vocês chamam por aqui”, disse a médica, após uma sessão de fotografias no estande de Major junto com o esposo; Eduardo.

Para a prefeita Santana Mariano (MDB), o evento foi fundamental para badalar ainda mais a cultura de seu município. A gestora, ao lado do esposo, o secretário César Campos recepcionou diversas autoridades, entre elas o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, além de prefeitos, deputados e políticos em geral. “Foi importante a nossa presença nesta Feira; pois Major precisa cada vez mais se consolidar como uma região rica na pecuária, maior produtora de leite e dos melhores queijos e manteiga do Estado” disse, dando conta de que esse ano começou a investir no turismo rural, investimento, segundo ela,  que tem tudo para emplacar nesse segmento no Sertão alagoano.

Fechar