Soldado da PM suspeito de estupros passa mal após se automedicar no presídio

O soldado da PM Josevildo Valentim dos Santos Júnior, de 41 anos, suspeito de cometer uma série de estupros nas cidades de Maceió, Rio Largo e Marechal Deodoro, passou mal, nessa quarta-feira (20), depois de se automedicar. Conforme a polícia, não é possível saber se o militar, que se encontra preso no Presídio Militar, localizado no complexo prisional no Tabuleiro dos Martins, em Maceió, tentou suicídio.

Consta no relatório do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), que o soldado foi socorrido pela ambulância da Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) e encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE), por volta das 17h30, na companhia de dois militares que trabalham na guarda do presídio. De acordo com a polícia, Josevildo teria tomado um remédio e, em seguida, passou mal.

O soldado foi submetido à intervenção médica, se encontra inconsciente e mantido sob ventilação mecânica, aguardando vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Não há informações sobre o tipo e a quantidade de medicamento que o soldado ingeriu. (GazetaWeb)

Fechar